tá complicado

Sempre que assisto algo sobre 1964 fico atônita com a incapacidade recorrente do brasileiro. Achava que eramos ruins em matemática…

Mas abrimos mão do pouco que a educação formal nos oferece em ciências ambientais, ciências sociais…
…Somos péssimos em história e interpretação de texto.
Sofremos de alguma síndrome que nos impede de ver o óbvio, de lutar pelo próprio direito…
Mas a esperança é resistente sempre, por isso imploro: Voltem aos livros de história. Vejam documentários, reportagens e depoimentos.

Refletir, entender e não repetir jamais!

Tem que ter um pacto
…num grande acordo nacional.
Com o Supremo, com tudo.
Com tudo, aí parava tudo.
É. Delimitava onde está, pronto.

Medo.🏴
Isso é que chamo de captar o clima no momento.
Imagem que vale por todas as panelas mudas, por todo um golpe.

Sugiro aos que ainda precisam de reforço que pesquisem os áudios do Machado e Jucá.

Poesia pura. Crua

fl_0804-840x560
DANIEL FERREIRA/METRÓPOLES

🏴

Onde está a voz da rua? Das redes?

Porque do ponto de vista do trabalho (técnicas, ações, estratégias e execução), a melhor Assessoria de Comunicação que um governo pode Ter, ou melhor , PAGAR é a TV.
Esses caras dos jornais de TV são profissionais pacas!
PS: O preço da diária/honorário deve ser altíssimo.

Anúncios

Eu estou muito cansada de não poder falar palavras…

A gente sempre volta pra infância quando se sente acuado por algum motivo.
Essa música me lembra juventude e inocência. Não encontrei uma versão boa com clip do Belchior. Não importa. Fechei os olhos e me vi.
Vede-o-pé-do-IpÊ…

apenso ao pé da serra

é muito difícil lidar com cesuras e com autocensuras. pra mim é. queris ser mais a palo seco.  mas é tanta gente pra proteger, tanta história pra nao mexer, tanto caso pra se criar.

daí sufoca.
sufoco.
sufôco.

Paz pela paz

Nando Cordel.

Agora que aprendi esse link de audio pro wordpress ([audio=url]) vou colocar  algumas boas coisas aqui.

mente, corpo, alma

Na cabeceira digital Meios de comunicação como extensões, um compromisso firmado. No corpinho 3.9 o abadá  e a vontade de testar limites, Na alma um desejo quase insano de ser feliz.
Sou realmente ambiciosa.

Só falta  agendar umas cervejas… Vamo lá?

flores de março

Minhas comemorações de hoje começaram com aula de jornalismo e convergência pela manhã. Enrrouqueci tentando animar uma discussão sobre jornalistas e seu preparo para o trabalho. Diferente da turma da quinta, quando tópicos relativos as questões apresentadas renderam bastante participação e um quadro bem rabiscado de “hiperlinks” entre mimosa, flor s�mblo do dia das mulheresperguntas, explicações e idéias [kit basico: competências, conectividade, mobilidade, habilidade, responsabilidade, ética, multimidialidade…], relações [receptor (acessibilidade, interatividade, credibilidade…); canal (compromisso, estilo, target, prazos, custos..]; pessoal (limites, saúde, qualificação, especialização…) e por aí vai. E se a turma não lembrasse do fim da aula, eu tinha emendado até a noite. No sábado pela manhã a experiência pede ajustes nas estratégias. Todos cansados da semana cheia. Inclusive eu.
Então, esse foi o exercício comemorativo da manhã. A tarde começou num delicioso almoço em casa. E só quem vive de selfisselvici sabe como é bom sentar à mesa em casa com a família.
Com a nova fase da família, com filhos semi-independentes, a tarde foi de carinhos de namorido, a noite de espera pelo retorno das crias. Enfim, sensação de um dia perfeito de normalidade. Que muitos dias me tragam essa sensação de não precisar de um dia especial para me sentir a mulher. Muitos buquês de Mimosas para todas nós, MULHERES de todos os dias!

junguianas

“questo objeKto è morto, mas nem tudo è roto”

data: 5 de …..

Qual sentindo teria essa  frase?  Acordei com ela na cabeça depois de um pesadelo muito doido.

ar fresco, um prodígio

Uma coisa impressionante na tv italiana é o tempo dedicado a publicidade. Irregular, pode chegar a uns 15 minutos por intervalo, as vezes mais. Quem está acostumado com vinhetinha que introduz o intervalo comercial e com os cortes mais ou menos precisos nos segmentos de programação das TVs brazucas se perde  todo. Isso sem falar no volume do áudio que aumenta consideravelmente na hora dos comerciais.
A liberdade expressiva das propagandas em relação a alguns “tabus fisiológicos” também me fez parecer conservadora. Começo a achar que a dieta de lá é bem mais perigosa que a nosso vatapá ou feijoada, com tanta referência aos males de estomôgo e adjacências. Uma das imapagáveis que vi, é protagonizada por um esquilinho maroto e acabou tendo duas versões. A primeira versão completamente escrachada censurada em algumas redes de TV, e a segunda com uma “readequação” do roteiro. Um prodígio!
1.


2.

brasilienses

Essa é daquelas postagens “museu vivo da memoria candanga”, mas que pode agrandar muita gente. Uma comunidade do orkut digitalizou o LP Rock Brasilia, Explode Brasil, fruto de um show que marcou uma fase nos 80’s. Polêmico na época, porque não conseguia dar conta da diversidade de bandas que pipocavam pela cidade tanto este disco, tão histórico quanto o Rumores, pode não ser unaminidade na seleçao musical  entretanto tem indiscutivelmente, o mérito documental.
Eu ainda me arrepio.

Clique para baixar via rapdshare.

montando calendário

Feriados nacionais oficiais:
1º de janeiro (terça-feira) – Confraternização Universal
21 de abril (segunda-feira) – Tiradentes
1º de maio (quinta-feira) – Dia Mundial do Trabalho
7 de setembro (domingo) – Independência do Brasil
12 de outubro (domingo) – Nossa Senhora Aparecida
2 de novembro (domingo) – Finados
15 de novembro (sábado) – Proclamação da República
25 de dezembro (quinta-feira)  Natal

Pontos facultativos oficiais:
4 de fevereiro (segunda-feira) – Carnaval
5 de fevereiro (terça-feira) – Carnaval
6 de fevereiro (quarta-feira) – Cinzas (ponto facultativo até as 14h)
21 de março (sexta-feira) – Paixão de Cristo
22 de maio (quinta-feira) – Corpus Christi
27 de outubro (segunda-feira) – Dia do Servidor Público
24 de dezembro (quarta-feira) – Véspera de Natal (ponto facultativo após as 14h)
31 de dezembro (quarta-feira) – Véspera de Ano-Novo (ponto facultativo após as 14h)
Fonte: Ministério do Planejamento e Gestão

Datas comemorativas da Comunicação
5 de janeiro – Criação da 1ª Tipografia no Brasil
8 de janeiro – Dia do Fotógrafo
29 de janeiro – Dia do Jornalista
30 de janeiro – Dia Nacional das Histórias em Quadrinho
31 de janeiro – Dia do lançamento do 1º Satélite  EUA (1958)
1 de fevereiro Dia do Publicitário
7 de fevereiro Dia dos Gráficos
16 de fevereiro – Dia do Repórter
25 de fevereiroDia da criação do Ministério das Comunicações
28 de março – Dia do Revisor e Dia do Diagramador
1 de abril – Dia da Mentira
7 de abril – Dia do Jornalista
15 de abril – Dia Mundial do Desenhista
23 de abril – de abril – Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor
23 de abril – Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor

3 de maio – Dia Mundial da Liberdade de Imprensa
5 de maio – Dia Nacional das Comunicações
8 de maio – Dia do Profissional Marketing
23 de maio – Dia Internacional das Comunicações Sociais
1º de junho – Dia da Imprensa
1  de junho Primeira transmissão de TV no Brasil
4 de junhoImpressão de primeira Bíblia nas Américas (1743
7 de junhode junho – Dia da Liberdade de Imprensa
10 de junho Dia da Língua Portuguesa
21 de junho Dia da Mídia
24 de junho Dia das Empresas Gráficas
19 de junho Dia do Cinema Brasileiro
14 de julho Dia Mundial da Liberdade
14  de julho Dia da Liberdade de Pensamento
25  de julho Dia do Escritor
11 de agosto – Dia da Televisão
19 de agosto – Dia Mundial da Fotografia
2 de setembro – Dia do Repórter Fotográfico
10 de setembro –  Fundação do 1º Jornal do Brasil
10 de setembro – Dia da Imprensa
21 de setembro – Dia do Radialista
25 de setembro – Dia da Radiodifusão
29 de setembro –  Dia do Anunciante
30  de setembro Dia Nacional do Jornaleiro
21 de outubro – Dia do Contato Publicitário
17  de novembro Dia da Criatividade
21 de novembro Dia da Televisão
22 de novembro Dia do Músico
23 de novembro Dia Internacional do Livro
8 de dezembro – Dia do Cronista Esportivo
15 de dezembro – Dia do Jornaleiro
Fonte:
 
 

turim

turimluz.jpg


Adoro a relação de cores dessa foto. Fotografei em Turim, “na fermata do autobus”, pouco antes de partirmos. Ta começando a dar saudade.