recordar e evitar

tumblr_nc81xurxqu1qk1eufo2_500
http://aenea-jones.deviantart.com/

Com cravos, com flores, com lágrimas, com música, com luta, com empatia, com memórias, com solidariedade, com resistência, com respeito.
Fascismo Não! Em nenhum lugar! Em nenhum tempo! Em nenhuma inspiração! Em nenhuma medida!
Seja em que época for, seja em que nação floresça, a cidadania e a liberdade devem andar de mãos unidas.
#25aprile #25deabril

Em 1945 Italianos resistiram contra a ocupação nazi-facista. Partegiani e também expedicionários Brasileiros da FEB lutaram pela libertação do domínio Nazifascista em diversas cidades do seu território.
Em 1974 os portugueses uniram-se contra a ditadura fascista do salazarismo e deu-se a revolução dos Cravos.

«Liberdade não é estar em cima de uma árvore, nem mesmo ter uma opinião, liberdade não é um campo vazio, liberdade é participação»
Giorgio Gaber

tumblr_nc81xurxqu1qk1eufo2_500
http://aenea-jones.deviantart.com/

Quem, em sã consciência, defende qualquer mínima alusão ao fascismo?

boa fé / ma fé

xMBgfU8hKS5IQ.gifTem tanta coisa pra ver e ler na web que não dá pra ficar na boa fé. Mandamento básico, desconfie de tudo, cheque sempre. E como volta e meia recebo seja nas redes sociais e até no danado do zap esse mesmo texto que já rola na rede a bastante tempo sobre essa mesmo texto, que coloca Chico Xavier no jogo sujo da marketice da politicagem rasteira e que gente de boa-fé tem reproduzido a torto e a direta; reproduzo uma postagem que fiz em 2016 lá no FB, sobre uma psicografia que supostamente descreve um salvador da pátria.
“Desde que me lembro já usaram esse texto pra vender o Caiado em uma eleição presidencial, já juraram descreviam o Lula, já deram certeza que era o Ciro Gomes…
Já disseram que é a descrição do Aécio; Hoje já interpretam como Bolsonaro. (!!!)
Essa versão, com grafia de André Luiz com “S”, não cita origem precisa.
O mesmo texto pode ser encontrado com pequenas variações pela web, com implicações de interpretação tendenciosas do sentido geral.
Li num print de 2010 do orkut, sobre possíveis referências de uma psicografia original ter sido recebida no Centro Espírita Jesus de Nazaré, em Congonhas do Campo, aos 23 de dezembro de 1952, e a mesma estar registrada na Câmara Municipal da cidade. Se alguém puder checar isso seria interessante. (E ainda analisar o contexto original).
Acho importante também ter acesso a algum comentário oficial da FEB – Federação Espírita Brasileira sobre este trabalho(que vem repetidamente sendo reproduzido) e as mensagens derivadas . Até porque o citado texto ressurge ciclicamente em períodos ligados a interesses políticos e eleitorais.
Sobre relação de espiritismo e política, tem um livro no site da FEB que pode ser útil para um reflexão, estudo ou debate coletivo e sadio conectado com o Livro dos Espíritos e com o “comprometimento com o aperfeiçoamento da sociedade”. http://www.feblivraria.com.br/febnet/paginas/espiritismopolitica.pdf

Sobre o uso de recursos de convencimento, sugiro um filme que faz uma caricatura, mas infelizmente muito próxima da realidade dos jogos de interesses políticos e marketing. (sobre o tema existe muito material e toda boa sugestão é válida) https://www.youtube.com/watch?v=B0LXVTzSvb0

Não é o caso de não se falar de política, mas devemos ter cuidado com esse tipo de conteúdo sendo compartilhado, na medida do entendimento proporcionado pelo evangelho e pelos livros do pentateuco espírita; que é reticente e incisivo nas críticas à “artes de previsão e profecias” .
O próprio Chico, um ser humano, foi muito criticado por “estar apoiando” Fernando Collor presidente (outubro de 1989).

Tem um vídeo na voz Chico, que fala sobre o Brasil, sem esse senso de profecia, e que dá uma noção sobre seus pensamentos políticos.

(Depoimento no Centro Espírita Perseverança,SP, 27/12/1992)”

dias melhores pra sempre

Primeiramente e continuamente
#foratemer com supremo e tudo.
c511wwzwmaavvkd

Faça o download. Questione.  Compare.
http://fundacaoanfip.org.br/site/wp-content/uploads/2016/05/FOLDER-FRENTE-PARLAMENTAR-10.pdf
Anfip classifica como falácia dados do governo sobre Previdência.
Em cartilha auditores contrapõem discurso do deficit.

 

tá complicado

Sempre que assisto algo sobre 1964 fico atônita com a incapacidade recorrente do brasileiro. Achava que eramos ruins em matemática…

Mas abrimos mão do pouco que a educação formal nos oferece em ciências ambientais, ciências sociais…
…Somos péssimos em história e interpretação de texto.
Sofremos de alguma síndrome que nos impede de ver o óbvio, de lutar pelo próprio direito…
Mas a esperança é resistente sempre, por isso imploro: Voltem aos livros de história. Vejam documentários, reportagens e depoimentos.

Refletir, entender e não repetir jamais!

Tem que ter um pacto
…num grande acordo nacional.
Com o Supremo, com tudo.
Com tudo, aí parava tudo.
É. Delimitava onde está, pronto.

Medo.🏴
Isso é que chamo de captar o clima no momento.
Imagem que vale por todas as panelas mudas, por todo um golpe.

Sugiro aos que ainda precisam de reforço que pesquisem os áudios do Machado e Jucá.

Poesia pura. Crua

fl_0804-840x560
DANIEL FERREIRA/METRÓPOLES

🏴

Onde está a voz da rua? Das redes?

Porque do ponto de vista do trabalho (técnicas, ações, estratégias e execução), a melhor Assessoria de Comunicação que um governo pode Ter, ou melhor , PAGAR é a TV.
Esses caras dos jornais de TV são profissionais pacas!
PS: O preço da diária/honorário deve ser altíssimo.

enquanto uns trabalham

Aqui trabalhando sempre na mais valia, seja analógica ou digital. Lendo, lendo, lendo e pensando nas pressões que obrigam algumas pessoas sem a menor vocação ou interesse a se “sujeitar” ao ensino superior.
E ainda estar se esforçando por um tantim de qualidade e ser a obstrução na mera relação de cliente e fornecedor. Tem gente que acha que pagar mensalidade dá direito automático a grau. Ufff 😦
Seria muito bom se bons técnicos se assumissem e se capacitassem continuamente e fossem vistos com a dignidade de suas atividades, valorizados e valorizando suas atribuições e competências. Título universitário não pode ser comenda de status. Muitos seriam mais felizes se entendessem o quanto podem. É triste ver desperdícios de forças e criatividade em plágios, cópias, superficialidades e desinteresse pela própria formação. Em alguns casos a sensação é de estar falando com objetos inertes.


No acaso dos blogs randômicos, achei uma tira que é quase um retrato falado de uma pessoinha querida e  nadaque sempre me traz alegrias, como um sopro refrescante nesses momentos de estresse e exaustão.

tocha

Foi-se o sol. Fica a claridade, a multidão e a tocha olímpica sobre o ninho. Mais um dia em Pequim. Cada dia aqui parece que vale dois.

Tenho cantarolado memórias. Me surpreendi que a Camilla conhecia Belchior.

nesse mundo cheio de distâncias desbotei…
saudades de meu trópico com vida a mil
me esperem amores

 

 

Teñodé Porã

Trabalhos fotográficos do Núcleo de Estudos da America Latina da UCB em exposição no  Memorial dos Povos Indígenas, Eixo Monumental  de Brasilia, de 16 a 19 de abril.

noções de webdesign que valem sempre

O livro Design/Web/Design:2 agora faz parte da grande biblioteca do ciberespaço. E não é pirataria, foi disponibilizado em PDF pelo próprio autor, o Prof. Luli, da ECA/USP, a partir do escaneamento feito por Danilo Nunes. Não está no formato com que foi impresso originalmente, nem contém ilustrações, o que não tira em nada da qualidade do conteúdo, da descontração e das ótimas reflexões e dicas sobre design e web. Vai lá e confere!

cirandas

Em linha, na linha, fora da linha, participativo, entrelaçado, menos fios, ou mais fios, convergente, móvel, eletrônico, na rede, multimídia, em rede, cibernético, divergente, telemático, midiático, colaborativo, curto, analógico, síncrono, tecnológico, assíncrono ou digital. Jornalismo.
Não é simplesmente a cada nova tecnologia ou moda, mas por meio do impulso criativo de testar e consolidar idéias que as propostas de comunicação social se constituem.
Pela qualidade, pela competência, pela empatia, pela perseverança e senso crítico com que são geridas encontram ressonância ou não.
E nem isso garante longevidade ou auto sustentação. Daí percebo uma das boas qualidades dos meios digitais enquanto espaços de incubação e experimentação positiva do jornalismo: há muito recurso a ser explorado, analisado e testado. De maneira tão variada e surpreendente quanto for possível lidar com a comunicação e com seus modelos, agentes, dimensões e estilos.
O filtro é o tempo e o know-how adquirido.
Entre testes e ajustes de sintonia fina, são jovens amadurecendo sua capacidade profissional, experientes comunicadores sociais variando suportes e espaços de poder. Espaços também revelados a comunicadores comuns, gente que acha e as vezes tem o que dizer e que encontra quem lhes deseje apreciar.
E se experimentar pode ser, em certo grau, descompromissado, independente, lúdico e de baixo custo, o digital permite ao jornalista ousar além das amarras das linhas editoriais e ditatoriais até encontrar seu tom, seu estilo e seu nicho.
___
Tinha começado este texto aí acima ontem para participar da Ciranda de Textos, proposta pelo André Deak na lista Jornalistas da web. É baseada no modelo dos Blogs Carnivals. Parece que a 1a. rodada foi um sucesso, conforme o André comenta em seu blog.

Enviado em “second life”, jornalismo, pontos digitais | Nenhum comentário »



Escrito por lila em 24 janeiro, 2008
falando em experimentações

sl2.jpgSaiu no início de janeiro a edição zero da revista Avatar, muito bem gestada pelo editor e idealizador do projeto, Marcos Archanjo. A revista é editada em formato PDF e faz uma ponte entre o ambiente do metaverso e o cotidiano. Não vejo apenas como uma revista para aficcionados em SL, mas como uma oportunidade interessante de se avaliar as boas possibilidades do alcance das mídias digitais. A número zero traz:

  • PROFESSORES DO FUTURO: Educadores utilizam o Second Life para dar suporte às suas atividades acadêmicas.
  • VESTIBULAR BRASIL: Projeto inovador reúne e apresenta aos futuros alunos as principais instituições brasileiras de ensino superior e suas atividades.
  • UNIVERSIDADE DO BRASIL VIRTUAL: Espaço educacional independente leva exposições de arte, cursos e palestras ao Second Life.
  • CONGRESSO SECOND LIFE NA EDUCAÇÃO: Congresso acadêmico discute o uso do metaverso como ambiente para educação a distância.
  • CONGRESSO PEARSON EDUCATION: Congresso virtual usa o Second Life para discutir a Educação a Distância em vários ambientes educacionais diferentes.
  • No blog Avatar mundos virtuais tem o link pra baixar seu exemplar.
    A redação virtual fica na ilha Vestibular Brasil W 227, 206, 23 dentro do SL e fica sob a responsabilidade do Archanjo Arcadia.

sl11.jpgsl3.jpg

    Lista para jornalistas

    ayout do blog

    Faça
    parte do

    Grupo Jornalismo