recordar e evitar

tumblr_nc81xurxqu1qk1eufo2_500
http://aenea-jones.deviantart.com/

Com cravos, com flores, com lágrimas, com música, com luta, com empatia, com memórias, com solidariedade, com resistência, com respeito.
Fascismo Não! Em nenhum lugar! Em nenhum tempo! Em nenhuma inspiração! Em nenhuma medida!
Seja em que época for, seja em que nação floresça, a cidadania e a liberdade devem andar de mãos unidas.
#25aprile #25deabril

Em 1945 Italianos resistiram contra a ocupação nazi-facista. Partegiani e também expedicionários Brasileiros da FEB lutaram pela libertação do domínio Nazifascista em diversas cidades do seu território.
Em 1974 os portugueses uniram-se contra a ditadura fascista do salazarismo e deu-se a revolução dos Cravos.

«Liberdade não é estar em cima de uma árvore, nem mesmo ter uma opinião, liberdade não é um campo vazio, liberdade é participação»
Giorgio Gaber

tumblr_nc81xurxqu1qk1eufo2_500
http://aenea-jones.deviantart.com/

Quem, em sã consciência, defende qualquer mínima alusão ao fascismo?

Anúncios

rock de casa

Meu filho Luca desde pequeno tem um lado criativo muito interessante. Autodidata. Desenha, toca vários instrumentos, compõe, canta.  E tem ainda uma admirável coragem de se expor. (Eu que sofria amarelões e tremelões no teatro sei que dar as caras em público num é fácil não)
Tem algum tempo que ele coloca suas experimentações caseiras no soundcloud e também criou um canal do YOUTUBE e põe online vídeos de autorais e covers que grava sozinho na cara e na coragem.
Boto maior gás, porque as músicas são boas e valem ser compartilhadas! E se é vocação, tesão, ou fogo de palha, tem mais é que experimentar e ver o que os outros acham pra poder ir se aperfeiçoando ou desencantando.
Artista tem que ir onde o povo está, num é?
Daí que ele colocou no facebook uma página pra divulgar esses trabalhos por conta própria.
Pra inaugurar esse novo canal, Luca fez versões mais elaboradas de duas de suas músicas: Me Leva Pra Casa (essa já tem uma versão voz/violão) e Desperation song (inédita) 


Então vamô lá, dar aquela força, que logo, logo ele vai publicar  outras.
Ganhe um tempinho de OUVIR, curtir, COMPARTILHAR com seus amigos e seguidores, dar sua opinião, sugerir temas e tals.
Essas interações são um puta estímulo pra quem quer fazer arte.
Espalha por aí pra mais gente conhecer!!!
Seguem os links

YOUTUBE
Facebook/
SOuNd CloUnD

boa fé / ma fé

xMBgfU8hKS5IQ.gifTem tanta coisa pra ver e ler na web que não dá pra ficar na boa fé. Mandamento básico, desconfie de tudo, cheque sempre. E como volta e meia recebo seja nas redes sociais e até no danado do zap esse mesmo texto que já rola na rede a bastante tempo sobre essa mesmo texto, que coloca Chico Xavier no jogo sujo da marketice da politicagem rasteira e que gente de boa-fé tem reproduzido a torto e a direta; reproduzo uma postagem que fiz em 2016 lá no FB, sobre uma psicografia que supostamente descreve um salvador da pátria.
“Desde que me lembro já usaram esse texto pra vender o Caiado em uma eleição presidencial, já juraram descreviam o Lula, já deram certeza que era o Ciro Gomes…
Já disseram que é a descrição do Aécio; Hoje já interpretam como Bolsonaro. (!!!)
Essa versão, com grafia de André Luiz com “S”, não cita origem precisa.
O mesmo texto pode ser encontrado com pequenas variações pela web, com implicações de interpretação tendenciosas do sentido geral.
Li num print de 2010 do orkut, sobre possíveis referências de uma psicografia original ter sido recebida no Centro Espírita Jesus de Nazaré, em Congonhas do Campo, aos 23 de dezembro de 1952, e a mesma estar registrada na Câmara Municipal da cidade. Se alguém puder checar isso seria interessante. (E ainda analisar o contexto original).
Acho importante também ter acesso a algum comentário oficial da FEB – Federação Espírita Brasileira sobre este trabalho(que vem repetidamente sendo reproduzido) e as mensagens derivadas . Até porque o citado texto ressurge ciclicamente em períodos ligados a interesses políticos e eleitorais.
Sobre relação de espiritismo e política, tem um livro no site da FEB que pode ser útil para um reflexão, estudo ou debate coletivo e sadio conectado com o Livro dos Espíritos e com o “comprometimento com o aperfeiçoamento da sociedade”. http://www.feblivraria.com.br/febnet/paginas/espiritismopolitica.pdf

Sobre o uso de recursos de convencimento, sugiro um filme que faz uma caricatura, mas infelizmente muito próxima da realidade dos jogos de interesses políticos e marketing. (sobre o tema existe muito material e toda boa sugestão é válida) https://www.youtube.com/watch?v=B0LXVTzSvb0

Não é o caso de não se falar de política, mas devemos ter cuidado com esse tipo de conteúdo sendo compartilhado, na medida do entendimento proporcionado pelo evangelho e pelos livros do pentateuco espírita; que é reticente e incisivo nas críticas à “artes de previsão e profecias” .
O próprio Chico, um ser humano, foi muito criticado por “estar apoiando” Fernando Collor presidente (outubro de 1989).

Tem um vídeo na voz Chico, que fala sobre o Brasil, sem esse senso de profecia, e que dá uma noção sobre seus pensamentos políticos.

(Depoimento no Centro Espírita Perseverança,SP, 27/12/1992)”

 

Semplicemente fantastica questa versione! Da sentire:

Bachianas Brasileiras nº4 em versão Samba. De arrepiar!

De quê querem me convencer?

Recuperando esse post de  2010 da GLORIA TELLEZ porque é sempre interessante refletir antes de acatar qualquer lido, ouvido ou visto. Ou mesmo escrever, falar e mostrar.

A Arte de ter Razão: resumo dos 38 estratagemas de Schopenhauer– Em “A Arte de Ter Razão”, Schopenhauer traçou 38 estratagemas para vencer qualquer discussão, mesmo quando se está errado. “Conheça-os para se proteger daqueles que fazem uso deles.”

Leia lá: A Arte de ter Razão: resumo dos 38 estratagemas de Schopenhauer

Explique aos seus filhos e aos filhos dos seus filhos sobre a importância da liberdade

25abril
Lapide em Piazza Matteotti 31- Scandicci, Firenze

LEMBRE-SE,
ó cidadão, desta data e explique-a aos seus filhos
e aos filhos dos seus filhos,
CONTA-LHES
como um povo em revolta
se libertou um dia do opressor
E diz-lhes sobre os mil e mil gestos daqueles valorosos homens
que sobre montanha, nas aldeias e em toda parte
barraram o campo ao invasor.
Não esqueça-se dos mortos, nem esqueça de dizer
o que foi o FASCISMO e o nazismo.
E da GUERRA lembra-lhes:
das ruínas, dos massacres, da fome e da pobreza
dos estrondos das bombas, do choro das mães
lembre-se de BUCHENWALD (campo de concentração na Alemanha)
As câmaras de gás, os fornos de cremação.
E tudo isso, explique aos SEUS FILHOS
e aos FILHOS DOS SEUS FILHOS
não para que durem o ódio e a vingança
Mas para que SAIBAM QUAL IMENSO BEM É A LIBERDADE.
Ensina-os  a amá-la e a preservar intacta
E defende-la SEMPRE.


25 abril é uma data super significativa para a Itália e para Portugal.

Ela não era “golpista”. Não era “reacionária”. Não era “anti-pobre”. Não era eleitora do Bolsonaro.

Essa crônica copiei do FB do Pablo Villaça . Diz muito do que cada um de nós brasileiros, seja qual for a tendência politico partidária, tem sentido diariamente. Não tá fácil, mas ainda assim depois de todo essa crise, implodindo-se  ou não executivo, legislativo, judiciário e demais atores, seremos ainda OS BRASILEIROS. E sem outra alternativa (ame-o ou deixe-o), com o que tiver a mão, teremos de reconstituir nosso país.
Update: Podia ser também: Elx não era “comunistx”. Não era “revolucionárix”. Não era “anti-burguês”. Não era eleitorx do Lula.
Segue o textão:
Continue Lendo “Ela não era “golpista”. Não era “reacionária”. Não era “anti-pobre”. Não era eleitora do Bolsonaro.”

Do punho dos mestres

E naqueles dias de IDA, era com xerox da xerox. da xerox, da xerox da compilação de uma edição preto e banco, em espanhol ou inglês. E mesmo assim nos encantava.

Hoje  praticamente tudo que se deseja está online. Super acessível.

A Monoskop [http://monoskop.org/Bauhaus#Books], por exemplo, avisa que tem uma coleção fantástica de  obras dos mestres da Bauhaus pra download. 

Pelos princípios da Bauhaus, no início do século XX (1919), vários artistas e designers experimentaram maneiras de reimaginar o mundo material, criando e reconfigurando percepções visuais e objetos variados, para que fossem úteis, agradáveis esteticamente e adequados ao mundo industrializado que se desenvolvia. 

7. Neue Arbeiten der Bauhauswerkstätten , 1925. 115 p., 23 cm. Baixar (118 MB).
8. L. Moholy-Nagy, Malerei, Fotografia, Filme , 2ª ed., 1927. 140 p., 23 cm. Baixar (131 MB).
9. Kandinsky, Punkt und zu Linie Fläche: Beitrag zur Analyse der malerischen Elemente.., 1926. 190 p, 23 cm download (134 MB).

1. Walter Gropius (ed.), Internationale Architektur , 1925. 111 p., 23 cm. Baixar (111 MB).

2. Paul Klee, Pädagogisches Skizzenbuch , 1925. 50 p., 23 cm. Baixar (33 MB).

4. Die Bühne im Bauhaus , 1924. 84 p., 23 cm. Baixar (72 MB).

10. JJP Oud, Holländische Architektur , 1929. 107 p., 23 cm. Baixar (89 MB).

11. Kasimir Malewitsch, Die Welt gegenstandslose , 1927. 104 p., 24 cm. Baixar(84 MB).

12. Walter Gropius, Bauhausbauten Dessau , 1930. 221 p., 23 cm. Baixar (222 MB).

É possível baixar todo o conjunto em um único arquivo ZIP a partir daqui . Graças a Gabriel Benderski. (29 de agosto de 2014).

E Open culture traz mais dicas:

Klee Notebooks 3

o Zentrum Paul Klee disponibilizou on-line quase todas as 3.900 páginas de apontamentos pessoais de Klee.

“Obras são considerados tão importantes para a compreensão da arte moderna que são comparadas à importância que   O Tratado de Pintura de Leonardo teve para Renascença”, segundo Monoskop, que também cita o crítico Herbert Read, que descreveu o trabalho de Klee como “a apresentação mais completa dos princípios do desenho já feito por um artista moderno – o Principia Aesthetica de uma nova era da arte, uma posição comparável à Newton para a física “.

Deliver us from evil or: Oh, mama, però non riesco a capire il mio peccato


Crítica aos dogmatismos existenciais e moralismos religiosos estão sempre presentes na poesia de @Ligabue. O cantor tem um jeito de lidar com as mitificações vinculadas a religião seja em provocações sarcásticas como em “Libera nos a malo”(livraí-nos do mal) de 1991, ou na contundente “Hai um momento Dio?” (algo como tem um tempo pra mim Deus?) de 1995. Ambas não perdem atualidade na letra e como rock/pop são super divertidas.
A primeira música começa com um jocoso “Oh, mamãezinha, o que é que eu fiz?”… “Mas eu não consigo entender o meu pecado” e ao seu modo questiona a moral Católica visto que que se há pecados são inerentes a sua humanidade, então não tem uma razão racional pra ser errado seguir seus instintos humanos. Na outra reivindica um diálogo direto e honesto, cara a cara com Deus. Provocativo diz que está ali a disposição, mas o que tá faltando pra Deus se dignar então a lhe dar atenção?
E seria heresia questionar?

Sed libera nos a malo.
Pace ormai non più dolore.
 Se io te ho dato l'alma el core.
 El foco mai non callo.
 Sed libera nos a malo.
 Pace or mai non più dolore.
 Sed libera me a malo
Libera me di catena
 Ch'io te adoro per dea in terra.
 Libera me di tanta pena.
 dal duol che mi sotterra.
 Libera mi e non più guerra.
 Ch’io son reso senza fallo.
 Sed libera me a malo.
Se non porgi el tuo socorso
 A la doglia mia infinita
 Io mi vegio gioncto al corso
 De finir la propria vita
 Se non progi presto aita
 L’alma langue donna fallo
 Sed libera me a malo.
Qui sia fine al moi dolore
 E la doglia che me acora
 Voglio amarte a tutte l’hore
 Se ben voi per te ch’io mora
 Per che chi morendo adora
 El morir glie dolce mallo
 Sed libera me a malo.
 Sed libera me a malo (oração/Canto a capella de Onofrio Antenoreo,1508)

Recuperando HD externo

naoformatarSantos anônimos:
olha se eu fosse de fazer corrente de oração, uma fervorosa seria para esse jpdelima que literalmente salvou anos de fotografias e videos que estavam em backup num hd externo Samsung portable M3 de 1T, com menos de 6 meses de uso. Do nada veio a mensagem:
O volume não contem um sistema de arquivos reconhecido. Certifique-se de que todos os drivers do sistema estão carregados e o volume não está corrompido.

Caro jpdelima, e demais colegas que complementaram a dica, vocês salvaram mais um desesperado. Ou melhor, mais dois hds externos!

Importante: Parece que o CHKDSK não está disponível para discos RAW. Veja em fóruns se esse é seu caso. O método deu certo comigo e para várias pessoas que deixaram o depoimento no fórum do guia do pc. E como diz o Guilherme Pedroso do INfogeek: Eu não posso garantir que vai dar certo pra você. Não me responsabilizo por falhas ou erros advindos de suas tentativas. Se estiver na dúvida ou inseguro é melhor procurar um especialista em recuperação de dados. 

A fonte da resposta é essa: http://www.guiadopc.com.br/respostas/2919/reconhecido-computador-consegue-arquivos-pergunta-formatar#a25591 . É sempre bom voltar na origem da informação para ver se tem novidade! Meu resumo de tudo é assim:

Lembra gente:
1) Conectar o hd externo no PC ou Nbook e conferir qual a letra que identifica essa unidade (informação vital)
2) Iniciar>executar>cmd abrir prompt do dos
(no windows 10 , vc pode clicar com o botão direito do mouse no ícone de iniciar, no cantinho inferior esquerdo da tela, e depois selecionar prompt de Comando (Admin)
3) Na janela que abriu , após a informação:
C:\Windows\System32\
você vai digitar: chkdsk letra identificadora da unidade:/f
ou seja, se sua unidade for E: digite: chkdsk E:/f . se for D: digite chkdsk D:/f .
Não esqueça o /f  (o comando f define a correção de erros no disco).

4) Aperte o enter e aguarde a checagem completa.
5) Quando o prompt finalizar a operação, feche a janela e retorne ao explorador de arquivo e confira se seu hd está sendo reconhecido.
6) Segure os gritos e o choro, quem estiver próximo pode não entender direito a emoção!!
7) Faça uma prece fervorosa de gratidão ao quase canonizável herói JPDELIMA e vá descansar. Com certeza um peso enorme saiu de seus ombros hoje! { 🙂 }:-p

  • PS: Recuperar HD Raw
    http://bloginfogeeks.blogspot.com.br/2012/04/hd-em-modo-raw-saiba-como-recuperar.html
    http://www.wondershare.com.br/disco-rigido/recuperar-dados-raw-disco-duro.html