Deliver us from evil or: Oh, mama, però non riesco a capire il mio peccato


Crítica aos dogmatismos existenciais e moralismos religiosos estão sempre presentes na poesia de @Ligabue. O cantor tem um jeito de lidar com as mitificações vinculadas a religião seja em provocações sarcásticas como em “Libera nos a malo”(livraí-nos do mal) de 1991, ou na contundente “Hai um momento Dio?” (algo como tem um tempo pra mim Deus?) de 1995. Ambas não perdem atualidade na letra e como rock/pop são super divertidas.
A primeira música começa com um jocoso “Oh, mamãezinha, o que é que eu fiz?”… “Mas eu não consigo entender o meu pecado” e ao seu modo questiona a moral Católica visto que que se há pecados são inerentes a sua humanidade, então não tem uma razão racional pra ser errado seguir seus instintos humanos. Na outra reivindica um diálogo direto e honesto, cara a cara com Deus. Provocativo diz que está ali a disposição, mas o que tá faltando pra Deus se dignar então a lhe dar atenção?
E seria heresia questionar?

Sed libera nos a malo.
Pace ormai non più dolore.
 Se io te ho dato l'alma el core.
 El foco mai non callo.
 Sed libera nos a malo.
 Pace or mai non più dolore.
 Sed libera me a malo
Libera me di catena
 Ch'io te adoro per dea in terra.
 Libera me di tanta pena.
 dal duol che mi sotterra.
 Libera mi e non più guerra.
 Ch’io son reso senza fallo.
 Sed libera me a malo.
Se non porgi el tuo socorso
 A la doglia mia infinita
 Io mi vegio gioncto al corso
 De finir la propria vita
 Se non progi presto aita
 L’alma langue donna fallo
 Sed libera me a malo.
Qui sia fine al moi dolore
 E la doglia che me acora
 Voglio amarte a tutte l’hore
 Se ben voi per te ch’io mora
 Per che chi morendo adora
 El morir glie dolce mallo
 Sed libera me a malo.
 Sed libera me a malo (oração/Canto a capella de Onofrio Antenoreo,1508)
Anúncios

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s