direto do youtube do tempo

Pro que der e vier

A vida tem que ser do jeito que a gente quer
nada melhor do que se soltar pro que der e vier
Andando sonhando sempre
Cantando beijando mundo
Bem fundo
Lançar no ar o corpo e sentir esse calor de verão
Atravessar o mundo e não importa o sim ou o não
Um toque, um gesto puro
Deitando rolando em tudo
Bem fundo
Ir pra longe de lugar
navegar
Acordar para o tempo e deixar essa vida rolar
Ir pra longe de lugar
Acordar para o tempo e deixar essa vida rolar
navegar


Uma preciosidade da década de 1980: Banda Pôr do Sol. Nem só de batida punk se alimentavam musicalmente os jovens nos shows nas praças, escolas, teatros, ruas de lazer. Rótulos a parte, Brasília se fez em misturas de gentes, de sincretismos, de recontextualizações identitárias. Sempre houve coexistência de ritmos, tribos e tributos. Pena que essa memória não é tão preservada.
Adoro quando encontro canais que resgatam um pouco dessa nossa candanguice. Por sol, Mel da terra, Sepultura,

Anúncios

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s