digitoplastográfico

Caneta, papel, pensamento, devaneio, arte. Homem, espaço, scanner. Releitura, cor.  Brincadeira gráfica. Expressão que não se perde ou se acha nos bits.
Das artes de Newton Scheufler, um  caderno de fruir.

Da fala do artista: “um pequeno divertimento gráfico produzido ao longo dos últimos dez anos durante as reuniões do Curso.
Sobre os desenhos feitos em meu caderno de anotações trabalhei digitalmente e produzi uma pequena série de trabalhos onde o plástico e o digital se encontram e a história do Curso é gráfica e poeticamente relatada.”
Anúncios

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s