Mora Yemanja

no mar

Quando a maré baixar
vá lhe visitar
vá fazer devoção

vá lhe presentear
No mar
Mora Iemanjá

Vários negros foram pro Brasil
Bantus , Nagôs e Iorubá
dentro do navio negreiro
deixaram suas lagrimas correr no mar
No mar
Mora Iemanjá

Sua lágrima que correu no mar
tocou no peito de Iemanjá
ela podia mudar a maré
fazer meu navio voltar pra Guiné
No mar
Mora Iemanjá

Ladainha de Capoeira (Mora Iemanjá)


Hoje é dia de uma uma boa desculpa para publicar todas as pendências que ficaram arquivadas no blog nesses meses de férias. Blogar na o tem sido fácil com tantas coisas pra ler, escrever e fazer. Os intervalos de lazer mal permitem os 140 caracteres @lila_ribeiro


Anúncios

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s