quarantuno

Agora mais que anta, já posso dizer que estou no ano novo, fazer minhas listinhas da agenda e ver se dessa vez, além das obrigações inadiáveis, alguma coisa cumpro.
Achava lá pelos 20, que depois de passar do 30 as coisas piorariam muito e envelhecer seria um terror. A verdade é que  não existem impactos que não possam ser absorvidos e incorporados. A gente se acostuma em amadurecer, ver as lentas e continuas mudanças. De verdade sinto a cada  ano que passa, que é sempre mais um ano e pronto. Segue a historia.

Com tanta atividade, projeto, ocupação e sonho, não dá pra gastar tempo em “se” isso ou aquilo. O negócio é curtir e aproveitar cada boa oferta. que a vida dá.

https://i1.wp.com/www.bastardidentro.it/misc/bastardidentro/data/images/img_1809f5f1aa0ba11d2be8c879e1ff96aa1147893086.jpg

Anúncios

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s