maior ou não

Não sou muito afeita a afirmações categóricas. Acho que tudo deve  e merece ser muito revisto, dialogado e e comparado. Discutível no sentido de permitir que debate  forneça  a elementos para fundamentação de qualquer tese. Estive esses dias lendo tanto sobre o surgimento da escrita, quanto sobre a revolução industrial e  vivo imersa nas potencialidades das redes digitais. Intuitivamente sinto, como quem nasceu na metade do século 20, que  presencio um marco entre  momentos distintos da comunicação humana. No meu entorno posso falar em antes e depois da internet, ou como prefiro organizar, da comunicação digital. Seus efeitos e sua importância no contexto mundial ainda estão a ser entendidas  pelas próximas gerações. De qualquer forma me chamou a atenção a entrevista  de Francis Pisani, que li no jornal  a Voz da Galícia onde ele expõe sua opinião: A revolução da web é maior que a invenção da prensa

A revolução da web está a transformar o relato (…). Estamos presenciando uma mudança radical no jornalismo,  já não existem apenas os tradicionais textos estruturados, mas também  fluxos que são fragmentos de notícias aos quais nós [receptores, buscadores, leitores] lhes damos significado. Em locais mais ativos como facebook, twitter [redes sociais]  as pessoas produzem conteúdos…

Anúncios

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s