chegando…

fora do continente

Descoberta triste. O wordpress num abre na China. Por isso este textos estão sendo feitos e colocados no meu rascunho do Gmail. Quando der posto.

A primeira luta ao finalizar uma jornada de praticamente 24 horas de vôo é fazer o corpo se esticar.
A Tam nos brindou com um atraso de 2 horas em Brasília, o que tornou a chegada ao Rio praticamente uma maratona entre a área de desembarque, declaração de bens na polícia federal, check-in e embarque pela Air France. Chegamos no tempo limite e embarcamos. Ufa!

A viagem BR/FR: Dormir pra que?Da-lhe Led Zepelin nas idéias. Da-lhe filme!

Chegada feliz.  Algumas horas perambulando com carrinhos na área de conexão. Um lanche marromenno em euro. O primeiro contato com a China. Quanto Chinês no embarque!

bar do hostel
bar do hostel

A viagem FR/CN: Que viagem longa! Jetlag; em Pequim e sem bagagem. Vejamos o desenrolar da história. A promessa, mais ou menos entendida é de que amanhã, dia 5, estará tudo no hotel.

A impressão inicial, tirando estarmos apenas com a roupa do corpo e mareados, é boa. Atendentes de alfândega sorridentes, voluntários uniformizados prestando informações e cidade toda “fantasiada” de Jogos Olímpicos.

Estamos num Hostel que fica num hutong perto da Praça da Paz Celestial. Que seja um bom prenúncio. As entrelinhas do post tremem com pressentimentos internos. Que sejam apenas fruto do cansaço e da ansiedade.

O ambiente do hostel parece ser bom. Decoração interessante. Descobri um limite: Duas da manhã o notebook tem que ser desligado por que somos literalmente mandados pra cama. Assim seja.

Ailim vive uma aventura particular… Se der um dia falarei sobre por aqui. Mas tudo parece que vai ficar bem. Geyson é peculiar, Luciano e Camilla estão chegando, tranqüilos, e tão na expectativa quanto eu. Jailson me surpreende. Acho que adotei novos filhos. Será que eles me adotarão?

hutong em momento calmo
hutong em momento calmo
Anúncios

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s