professorinhas

Tenho uma amiga, do interior de Minas, que era professora na área rural. Um dos maiores desafios, contava ela, era lidar com alunos de várias idades e séries na mesma sala. Era uma exercício de esforço diário atender minimamente a todos. Alfabetizandos e secundaristas.  Devotada a sua tarefa, estava sempre cansada e com esperança das coisas ainda melhorarem.  Acho que compreendo muito ela.

Anúncios

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )

Uma consideração sobre “professorinhas”

  1. Cara profi Lila,

    o problema realmente será essa sua mensagem ser entendida e a até compreendida pelos “não-alfabetizados funcionais”.

    Muito boa a sutileza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s