é pra copiar?

aula.jpgSempre aviso quando a matéria consta em algum livro ou apostila. Mas na aula, o conteúdo flui de acordo com a participação e sempre tem algo diferente, que acrescenta ou retifica. Uma vez, [long time ago] naqueles momentos de irritação contidas, auladet.jpgapós uma sequencia desgastante de aulas, enchi o quadro com anotações e referências ao tema da aula. Daí quando acabou o espaço e comecei a apagar, alguém perguntou: É pra copiar? Num rompante de tolerância zero pensei: Não, faz uma xerox. Hoje eu fotografei o quadro, de preguiça de copiar os dados desenvolvidos, e lembrei disso. E a gente compara: como em coisa de dez anos, uma frase arrogante passa a ter novo sentido. Hoje é uma bobagem. Quem pode e pode dispõe lousa virtual, videos, audios. Na pós, por exemplo, além de anotar tudo, em algumas aulas nós gravavamos os ricos diálogos com o professor. Com grifo: Para estudar! Não apenas para armazenar, afinal o que se deseja é conhecimento e não coleção de dados.

Anúncios

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )

Um comentário em “é pra copiar?”

  1. Muito obrigado pelo seu comentário.

    Realmente a possibilidade de fotografar o quadro hoje é uma realidade (Que eu já utilizei) paupável tendo em vista que a fotografia hoje não tem custo. São pequenas coisas que mudam a nossa vida para melhor.

    São concessões divinas porque a humanidade já evoluiu a um tal ponto que não precisa sofrer como antes (anestesia e assepsia) e já merece um pouco mais de conforto. Costumamos dizer que há muita violência ainda, muitas guerras, etc… É verdade, mas também há muito mais amor do que antes, só que não se faz propaganda disso.

    A forma de mudar o mundo é como diz a música de Nando Cordel, começando por nós. Quando conseguir-mos não odiar, e não desejar mal, até mesmo quando vemos os noticiários violentos e “odiamos os bandidos”, criaremos uma psicosfera positiva em torno do planeta que não permitirá que espíritos pouco evoluidos, ainda mergulhados nos sentimentos de ódio, vingança e rebeldia sintonizem com a psicosfera do nosso planeta e nasçam por aqui, trazendo sua carga de sofrimento.

    Conspirando a favor da paz no planeta, estaremos conspirando a favor da destinação dele e a favor do Grande Pai de todos nós.

    ABRAÇO
    Carlos Roberto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s