se

Escrito por Drizinha às 06h31


SE nos tivessemos pego o trem anterior, teríamos visto a explosão acontecer?” , perguntava a Dri há quatro anos, em Madrid. Grávida, ela e Bruno, por algum SE inexplicável ao humano, não pegaram o trem que explodiu.


Todo dia a vida nos aponta um se, um talvez, um vai, umsim, um não. Arbítrio. Mas com consequencias sempre.

Anúncios

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s