homens trabalhando

A tempos não via tanta terra vermelha, característica da “Brasília sempre em obras” da minha infância. São praticamente três semanas com a terra descoberta para  a execução de mais estacionamentos aqui na quadra. Acho que a empreita é paga por hora, então eles estão esticando ao máximo a obra. Parece relamente de proposito. Alias deve ter algum proposito. Até isso acabar é tentar conviver com a terra. Lama na chuva. Muita poeira fina no seco. estamos todos encardidos.

Anúncios

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s