sobre a aprendizagem colaborativa

xxxxx

Anúncios

carelman4.jpgTanto para o formador como para os formandos, o tempo de participação não está concentrado a algumas horas (alargou-se a todas as horas do dia e a todos os dias da semana), de acordo com a disponibilidade e organização temporal do seu trabalho. Todo o tempo é tempo de formação, por conseguinte, o fluxo de mensagens não é constante, podendo haver períodos de intensa atividade que alternam com períodos de baixa participação. Como consequência o trabalho do formador e dos formandos alarga-se no tempo, e em alguns momentos intensifica-se bastante.01/12/2006 12:40

congresso cibersociedade 

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )

Uma consideração sobre “sobre a aprendizagem colaborativa”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s