abril 2005

30/04/2005 02:32
madrugou de novo
Essa é uma das composições de uma das minhas alunas na turma de design gráfico. O exercício é sobre composições e pregnância da forma. Acho que é interessante, mesmo numa sala mista com futuros jornalistas e publicitários, direcionar com alguma teoria e deixar a turma explorar a própria percepção.

Melhor é quando você percebe que eles se interessam e experimentam. Enfrentam a escassez de recursos, os softwares defasados, os computadores lentos, travados, a professora cansada e a sexta-feira a tarde.
Como não temos escanner, a internet tem sido uma mão na roda. Também driblamos a falta de impressora com um fotolog onde “expomos” nossas experiências.
e um arquivo dos portfólios. Saio da UCB bem contente nas sextas-feiras, mais leve do que entro nas terças.*****
Queridos comentantes
Tô voltando, tô voltando…
…e meus ilustres visitantes também!
As sócias:
Dri*,
Rosana,
A gravidinha Ana,
aMichele Bravin,
Dona Koko, ex-lokahe Gente nova como:
o Eliel “maluco beleza”
o Miguel Aguiar
o Luiz Felipe Fontoura
o internacional Antonio , o pá!
o Admon Costa valeu pelo garota (tenho quase trinta e alguns)
a Miriam Panighel Carvalho (desculpe Miriam, como espiritualista e reencarnacionista, não sei dizer quem fez o quê, nem quando. Também admito estar sempre meio perdida em alguns detalhes. Também acho que “não há discriminação” nenhuma é na hora de ter preconceito. É de tudo, contra todos, por ninguém. Somos 100 % complicados. Valeu por manifestar sua opinião!)
brigadão gente!
Lila Ribeiro | comentários

Enviado por: mae
Data de Envio: 30/4/2005 17:36:00
Blog: esse
socorro! preciso de um tradutor de adolescentês interenético!!!! mas entendio a aprte do te amo, e isso é muito importante! micos…humf!
Enviado por: Marii
Data de Envio: 30/4/2005 12:48:00
Blog: ww.fotolog.net/marianjinha
hmmm que linda a minha mããe! xDD~ aheueuaheua.. lá vem eu aqui escrever pra vc “na minha língua”.. bom, o que dizer de vc?! não sei ao certo.. só sei que agradeço mto à Deus por essa fase ÓTIMA que estamos passando né? só pelo fato de conversar com vc.. aah.. não sei explikar.. mas sei que é bom.. hihiih.. ;D~ e tbm sei que vc gosta.. heheheheh seu blog tá lindo.. e vc sabe que adoro a maneira que vc escreve! tirando aqueles errinhos básicos.. aheueuahuea.. sempre confusa né mamyy?! ;PP~~ então TE.AMO! e só não peço pra vc entrar no meu fotolog pq vc vai paga mico pra varia.. kkkkkkkkkkk beijos..

….::::…::::….

21/04/2005 20:02
Em meio a terra virgem desbravada…

Neste dia 21 de abril, é natural ouvir nos ecos da memória, o hino extra-oficial da minha jovem cidade aniversariante. Tal qual berravamos em coro nas comemorações cívicas do colégio, ainda no tempo da sainha plissada.
É natural também lembrar de tantas coisas, (bem Forest) que ter nascido e se criado em Brasília fez e faz a gente presenciar.
Histórias de luta, de vida, faroestes caboclos, veraneios vascaínas, tropas de choque, submarinos no Lago Paranoá.
Presidentes subindo e descendo a rampa…( eta povinho rampeiro!!!)
Bandeiras, bandeirolas, bandeirinhas… fitas e faixas!
Nas Copas, nos protestos, nas carreatas, passeatas. E nas deliciosas festinhas de São João na igreja, dos correios elegantes e cadeias.
E aqueles concertos de rua, onde essa gente que só passou a existir para o Brasil depois de documentada e clipada na Globo pertencia a gente, a nossa gente de pele ressecada pelas secas tardes de julho.

Não sei exatamente quando essa cidade deixou de ser um canteirão de obras, acho até que isso ainda não aconteceu. Mas aquele gostinho de acampamento de candangos a cada dia vem sendo substituido pelos constantes engarrafamentos, pela impaciência com o dia de apenas 24 horas, pelos “cheira colas” errantes, pelas patricinhas e bodinhos dos shoppings e do msn. Acho que estamos crescendo.
Pensando bem, se já da saudade é porque descobrimos, nos jovens velhos de uma cidade de 45 anos, alguma identidade que não foi “importada da ponte Rio/SP” . Cara pintanda que foi moldada na terra vermelha, pelo cerrado multicor, pelo céu muito azul e pelo concreto.
O fundo musical que meu coração encontrou para esse desabafo-declaração de amor não foi o eduardo e monica, nem o leo e a bia, nem a nossa senhora do cerrado.
Na deliciosa voz de Eduardo Rangel, é uma canção homenageia a todos nós, cumplices de tantas histórias. Quem é de Brasília sabe melhor do que ninguém o que essa canção evoca.

BICICLETA
Eduardo Rangel
Agora eu sonhei com você

Foi em preto-e-branco
Tinha um pouco de mim quando criança
Eu andava de bicicleta pelas ruas de Brasília
E a água batia nas nossas pernas
Você na garupa, pedia cuidado
E eu corria mais, como quem
Nem sabe o que é medo
Agora eu conheço o medo
Ficar grande é chato demais

***
A melodia está disponível no site do cantor
Lila Ribeiro | comentários

….::::…::::….

15/04/2005 01:40
Garoto do Ipanema
Esse Garoto do Ipanema é uma coisinha muito fofa! Como será que ele vai reagir quando ler as suas incríveis aventuras narradas pelo papais?

Lila Ribeiro | comentários

Enviado por: Admon Costa
Data de Envio: 19/4/2005 07:47:00
Blog: http://www.cyber.blogse.com.br
Oi, garota! Passei rapidamente para espiar seu blog e adorei! Se tiver um tempinho passa lá no Cyber Blog. bjs http://www.cyber.blogse.com.br

….::::…::::….

14/04/2005 16:27
Quarto crescente

Na semana passada conversava com uma amiga argentina, muito querida, sobre as nossas dificuldades linguísticas. Palavras como vaso, embaraçada, trepar, noivos, exquisito e tantas outras que tem sentido completamente diverso e rendem boas gargalhadas na nossa conversacion.
Brinquei até sobre a dificuldade de entender o Tevez nas entrevistas, tanto para Argentinos quanto para Brasileiros.
Ela também comentou sobre a diferença do português na teoria do curso para estrangeiros que a família fez antes mudar-se para o Brasil e o Português Brasileiro do dia-a-dia, da TV e da rua. Realmente é fantastica e complexa a forma de nos comunicarmos aqui na terrinha.
Entretanto, existem coisas que independem do idioma, da expressão facial ou do calor do momento. Coisas que são claras em qualquer cultura: o respeito, a simpatia, a empatia a raiva, a grosseria, o preconceito ou o descaso.

Preconceito, grosseria ou descaso?
Quando ouvi a primeira notícia sobre o caso com o jogador Grafite, até pensei que fosse um desses mal-entendidos de tradução, porque o termo “negro” realmente tem equivalência a “cara”, segundo informaram meus amigos. Entretanto, vendo a repercussão fica claro, até como o próprio Leandro Desábato admitiu, a atitude preconceituosa, no mínimo desrpeitosa.
Não vou negar que assustou um pouco ver a lei sendo cumprida assim, com tanta velocidade, ainda dentro do estádio.
Gostei da eficiência e da repercussão do caso.
Que fique a lição à todos, incluindo nós – brasileiramente mestiços, muitos que com certeza absoluta, mesmo que no entrelábios, murmuram palavras racistas e preconceituosas a torto e a direita.
A prisão de uma pessoa por injuria, seja qual for sua origem, somada a atitude do presidente Lula na África, pedindo perdão por conta dos anos de escravidão que carregamos como carma, marcam mais um ponto nessa longa caminhada pelo respeito social.
Pra frente Brasil.
******
Ah! A ilustração acima eo título da mensagem eram pra homenagear a lua que se mostrou essa semana pela janela do apartamento. Olhar pra frente daqui é ver prédios e seus homenzinhos engaiolados, então que o céu seja o ponto de fuga nessas noites quentes e silenciosas.
Lila Ribeiro | comentários

Enviado por: Miriam Panighel Carvalho
Data de Envio: 28/4/2005 00:03:00
Blog: Não tenho
“Lula na África, pedindo perdão por conta dos anos de escravidão que carregamos como carma…” Liliana, acho que você se esqueceu de um “detalhe”… Não fomos nós, brasileiros, que escravizamos os negros, mas sim, nossos colonizadores, os portugueses…A história é bem clara:os ingleses iam à Africa, traziam os negros para o Brasil e aqui os vendiam!Quem os comprava, pagava alto preço. Quando não por questões humanitárias, ao menos por inteligência, cuidavam para não maltratá-los,afinal, não seria idiotice pura destruir o que lhe custou muito dinheiro?Escravo, amiga, era “mercadoria”* de primeira!Portanto o nosso ilustre e sábio presidente Lula, está completamente desinformado demonstrando, como de praxe, sua já conhecida ignorância, também em relação aos fatos históricos em geral… * “MERCADORIA” era o termo que se usava na época para os escravos. Esclareço que sou totalmente anti-escravagista!Só, que tenho curso superior. E estudei História do Brasil…
Enviado por: Miriam PanighelCarvalho
Data de Envio: 27/4/2005 23:23:00
Blog: não tenho
Liliana, de fato, somos mestiços. Racistas, “pero no mucho”, uma vez que existem muitos brancos casados com negros.O problema,penso,é oriundo mais de”lá” do que de “cá”.Senão vejamos:por que a primeira coisa que um negro faz, ao adquirir fama (seja no futebol,música, ou qualquer outra arte),é namorar, noivar ou casar com brancas, na sua maioria,loiras?Houve até um caso em que um jogador renomado pediu à amante(branca)que descolorisse os cabelos escuros e se tornasse loira!O falecido Mussum separou-se da mulher(negra) para viver com uma branca. Idem,Maguila,Norton Nascimento, etc.E nenhuma delas lhes pediu para alisar o cabelo, ou mudar os traços negróides… Se o branco usar camisa branca com dizeres “100% branco”é acusado de discriminação racial, mas se o negro fizer o mesmo com os dizeres “100% negro”, acaba em pizza. De nada o acusam…Racismo?Existe, sim! De negro para negro,já que suas mulheres brancas em nada obstaram ao se unirem a eles… Cadê o racismo?
Enviado por: Luiz Felipe Fontoura
Data de Envio: 21/4/2005 16:19:00
Blog: http://www.paginaquente.blog-se.com.br
Cenário Político * Um pouco de história 21 de abril: 20 anos sem Tancredo Neves Conheça a história de Tancredo Neves e eu voltei no tempo e mostro como foi um dia após a sua morte. Imperdível. Leia no blog http://www.cenariopolitico.blog-se.com.br

….::::…::::….

08/04/2005 21:30
Pronto!
Italiano combina com tarantela e macarronada? Hoje se pode dizer que a melhor combinação é:
italianos e telefoninos.
Tendência mundial é claro, mas que aquela turma soube aproveitar bem. Tutti Ragga portano telefonino.
E nessa o Vaticano esqueceu que telefonino hoje em dia serve inclusive para falar. Proibiu o uso de máquinas fotográficas, mas não o dos celulares. Quase todo mundo saiu da Capela com uma foto do corpo do Papa.
Meu irmão me contou que ontem, que o desespero com a “ocupação” em Roma era tão grande que as pessoas recebiam o apelo via telefonino: “Não vá a Roma”. Ver a Piazza abarrotada de gente daquele jeito é impressionante. O espaço aberto realmente não dá a perpesctiva da imensidão daquele local, a gente se perde. Essa semana vi o quanto era maior do que a minha memória registrou. Não se media em metros, sim em cabeças, ou pés.

******

Das autodefinições do Orkut:
quem sou eu: WYS/WYG
adorei !
Lila Ribeiro | comentários

Enviado por: Ana Luiza
Data de Envio: 12/4/2005 18:07:00
Blog: http://www.anablogada.blogger.com.br/
Valeu pela força, Lila!!! Mas, voltando ao seu assunto, foi realmente incrível a repercussão que a morte do Papa teve em todo o mundo. Nunca vi tantos programas sobre ele, nunca se falou tanto nele, se exaltou todo o esforço dele…. E apesar de ter ficado triste pela perda, fiquei feliz ao conhecer um pouco mais a essência positiva das pessoas…. um grande beijo. Só uam dúvida: o que é WYS/WYG ?
Enviado por: Luiz Felipe Fontoura
Data de Envio: 10/4/2005 12:16:00
Blog: http://www.paginaquente.blog-se.com.br
http://www.cenariopolitico.blog-se.com.br Confira agora os destaques do blog Cenário Político desta semana: * BOMBA: Luciana Genro gostaria de ser uma terrorista A deputada federal do PSOL, a gaúcha Luciana Genro, em entrevista à Rádio Pampa de Porto Alegre falou que gostaria de ser uma terrorista para derrubar o avião de Lula. Leia mais em http://www.cenariopolitico.blog-se.com.br * Paulistanos insatisfeitos com Serra votariam hoje, em Marta * Quem lê esse blog sabe um mês antes. Zambiasi para governador do RS * Jean do BBB cidadão de Porto Alegre? Isso é uma vergonha! * Debandada do PPS * “FHC está fora da realidade”, diz líder do PT * “Não estamos em campanha” diz José Genoino * Antero pede demissão de Henrique Meirelles * A coisa está difícil no Prona e eu dou uma ajudinha * Brasil um país de todos http://www.cenariopolitico.blog-se.com.br
Enviado por: Antonio
Data de Envio: 10/4/2005 02:21:00
Blog: http://antoniofnogueira.blogs.sapo.pt
Olá! Não sou jornalista, mas gosto muito de navegar no blog-se, em termos de conteúdo é muito bom e restrito em uma área, não muito grande! Eu também criei um blog em Portugal, já que aqui no Brasil as opções são (tirando o blogger) poucas, para ter-se um blog completo e de graça. O “Blig” do ig, por exemplo tem o disparate de só postar uma mensagem por dia, seria melhor fechar o blig “grátis” por tamanha mesquinharia! Bom, gostaria que desse uma passada no meu blog e se possível comentar o que tu achaste! http://antoniofnogueira.blogs.sapo.pt/ o máximo 1000 caracteres.

….::::…::::….

07/04/2005 13:37
Câmbio…
Não é preguiça, nem falta do que dizer…é apenas fruto do excesso de medidas de segurança depois dos últimos ataques. Aumentei tanto a segurança do firewall, do privacy e spamkiller que nem eu própria conseguia usar o PC. Hoje para usar um computador só de armadura virtual. Como tem mente brilhante em “deserviço” para a coletividade.
…………….

dica de leitura
Olha aqui alguém aproveita bem o seu tempo:
Personagens da propaganda brasileira Asdrúbal
https://i0.wp.com/www.blog-se.com.br/blog/images/users/95/ConviteLancamentoAsdrubal.jpg

Esse vale a pena!!!!

Lila Ribeiro | comentários

Enviado por: Michelle Bravin
Data de Envio: 7/4/2005 17:18:00
Blog: http://www.mibravin.blogger.com.br
Eita eita! Achei q vc tinha sumido de vez!!!!!!!!1 Beijos!!!!
Enviado por: Michelle Bravin
Data de Envio: 7/4/2005 17:18:00
Blog: http://www.mibravin.blogger.com.br
Eita eita! Achei q vc tinha sumido de vez!!!!!!!!1 Beijos!!!!

….::::…::::….

Página 1 de 1
Anúncios

Autor: >Lila

jornalista, vicionauta, blogueira, muito interessada em educação e comunicação [social, visual, digital] (professora, aluna, pesquisadora, mãe, filha e avó em ordem randômica de tempo, espaço e sensações )